"Feliz aquele que transfere o que sabe e aprende o que ensina". Cora Coralina


Estudar precisa dedicação, disponibilidade e querer, portanto, não deixe o tempo passar, faça dele um aliado.

Total de visualizações de página

Seguidores

sábado, 7 de janeiro de 2012

Questões CEFET/SP 2012 BIOLOGIA/FÍSICA/QUÍMICA

01. No centro da cidade havia alguns homens trabalhando num parque para deixá-lo mais bonito. Era possível ver algumas borboletas voando entre as árvores, além de outros aspectos ecológicos. Em ecologia existem alguns conceitos que podem ser contextualizados com o ambiente desse parque. A figura representa alguns desses conceitos.
Pode-se afirmar que as letras indicadas por A, B e C correspondem, respectivamente, aos conceitos
(A) comunidade, população e ecossistema.
(B) biosfera, população e hábitat.
(C) população, ecossistema e comunidade.
(D) ecossistema, hábitat e comunidade.
(E) hábitat, ecossistema e biosfera.
Gabarito: C
Comentários:
POPULAÇÃO - é o conjunto de indivíduos de mesma espécie que vivem numa mesma área e num determinado período. Ex.: população de borboletas em um bosque, em um determinado dia; população de bactérias causando amigdalite por 10 dias, 10 mil pessoas vivendo numa cidade em 1996, etc.
COMUNIDADE OU BIOCENOSE - é o conjunto de populações de diversas espécies que habita uma mesma região num determinado período. Ex.: seres de uma floresta, de um rio, de um lago de um brejo, dos campos, dos oceanos, etc.
ECOSSISTEMA OU SISTEMA ECOLÓGICO - é o conjunto formado pelo meio ambiente físico ou seja, o BIÓTOPO (formado por fatores abióticos - sem vida - como: solo, água, ar) mais a comunidade (formada por componentes bióticos - seres vivos) que com o meio se relaciona.

02. As indústrias de refrigerantes ou bebidas gaseificadas, como a água com gás, adicionam gás carbônico a essas bebidas. Assim, se essas bebidas fossem colocadas em um copo e não fossem ingeridas, o gás carbônico
(A) reagiria com os corantes e estabilizantes dessas bebidas e as bolhas desapareceriam.
(B) seria liberado para o ar e não seria mais utilizado por qualquer ser vivo.
(C) se transformaria em substância não gasosa, mudando o sabor dessas bebidas.
(D) seria liberado para o ar e poderia ser utilizado na respiração realizada pelos vegetais.
(E) escaparia para o ar e poderia ser utilizado na fotossíntese realizada pelos vegetais.
Gabarito: E
Comentários: lembre-se, sempre, que o gás carbônico é uma matéria, podendo ser reciclada e num ciclo volta a fazer parte de outras matérias, como por exemplo, ser utilizado por outros seres vivos. Quando deixamos um refrigerante aberto, o gás carbônico é liberado como gás, permanece como gás, e pode ser utilizado pelas plantas, algas ou bactérias no processo de fotossíntese.

03. Todos os dias, os escritórios, os restaurantes e as residências produzem muito lixo. As empresas de limpeza trabalham diariamente para recolher uma grande quantidade desse lixo e encaminhar principalmente para os “lixões”. A figura ilustra alguns materiais e seres vivos que podem ser encontrados nos lixões de muitas cidades.

 (Ciências: entendendo a natureza. O mundo em que vivemos. César, Sezar e Bedaque. 6.º ano, Editora Saraiva, 2010, p. 230)
A respeito do problema do lixo e a partir da figura, foram feitas algumas afirmações:
I. os lixões podem produzir o chorume, que consiste em um líquido negro e fétido que pode contaminar
os lençóis subterrâneos de água. Esse líquido pode conter microrganismos patogênicos e metais pesados
tóxicos para o ser humano; (Correto)
II. a transmissão das doenças indicadas é exclusiva às pessoas que trabalham da coleta do lixo ou que habitem muito próximo desses locais; (Incorreto, pode ser pessoas afastadas, pois ao contaminar, o lençol freático, a  água pode chegar a outros locais)
III. haverá transmissão das doenças indicadas somente se os animais listados conseguirem inocular os microrganismos causadores na pele humana; (Incorreto, tem doenças ali listadas que são causadas pela contaminação da água, de alimento, que se ingeridas, propagam a doença)
IV. a decomposição da matéria orgânica presente no lixo pode produzir o gás metano, substância inflamável, pondo em risco comunidades que vivem próximo desses locais. (Correto)
É correto apenas o contido em
(A) I.
(B) I e IV.
(C) II e IV.
(D) I, II e III.
(E) II, III e IV.
Gabarito: B

04. A professora de Ciências solicitou aos alunos que fizessem um trabalho sobre alguns microrganismos e diante dessa proposta, o aluno Thales afirmou para sua amiga Mariana que as bactérias e fungos só causam problemas e deveriam ser eliminados do mundo não havendo muito que se estudar sobre eles. Em resposta, Mariana disse que isso seria impossível e que eles são importantes também para os seres humanos defendendo seu ponto de vista. Um argumento correto que ela poderia usar seria:
(A) eles realizam a fotossíntese, mantendo constante a concentração de gás oxigênio na natureza e poderiam
até substituir os vegetais. (Errado, fungos não fazem fotossíntese, são heterótrofos, dependem de outros para se alimentar, entretanto, bactérias realizam a fotossíntese, mas dizer que elas poderiam substituir as plantas é um absurdo)
(B) todos são bons e nunca seriam eliminados porque não existem substâncias sintéticas que os eliminem. (Errado, exixtem os antibióticos e os anti-fúngicos, que são poderosos medicamentos que os combatem)
(C) alguns fungos podem produzir a penicilina e certas bactérias atuam na produção de alguns alimentos. (Correto, de alguns fungos se produzem antibióticos, como a penicilina, e algumas bactérias fazem fotossíntese ou quimiossíntese, que são processos de produção de glicose)
(D) eles realizam a fermentação, utilizando a energia solar e isso faz deles os grandes produtores de todos
os ambientes. (Fungos não são produtores. Fungos e bactérias são fermentadores)
(E) certas bactérias auxiliam na produção de alguns medicamentos e os fungos liberam gás oxigênio para o ar. (Errado, fungos consomem oxigênio e não liberam)
Gabarito: C

05. Muitos profissionais da indústria alimentícia analisam substâncias que são encontradas em seus produtos e indicam suas respectivas proporções em seus rótulos. A tabela indica alguns dados encontrados em rótulos de dois alimentos diferentes.
Porção de 25 g (1/2 xícara)         Alimento I       Alimento II
Valor energético                            116 kcal          180 kcal
Carboidratos                                  17 g                 28 g
Proteínas                                         1,6 g                 1,0 g
Gorduras totais                                4,7 g                 1,3 g
Fibra alimentar                                 0,6 g                 2,5 g
Sódio                                           289 mg             180 mg

Vitamina B1                                     0,36 mg            0,43 mg
Vitamina B12                                   0,39 mg            0,45 mg

Vitamina C                                       0                      0
A respeito desses dois exemplos, pode-se afirmar que o alimento
(A) I contém mais substâncias que fornecem energia para as células que o alimento II. (Errado, I tem menor valor energético que II)
(B) I contém mais lipídios e vitaminas que o alimento II, por isso ele é mais saudável. (Errado, I tem mais lípídeos e menos vitaminas que II, portanto, menos saudável)
(C) I, se consumido em excesso, não provocará um aumento na pressão sanguínea de uma pessoa. (Errado, I tem muito sódio, elevando a pressão sanguínea)
(D) II pode melhorar o trabalho intestinal e fornecer mais energia que o alimento I. (Correto, pois é composto de muitas fibras e seu valor energético é maior)
(E) II deveria ser mais consumido pois contém vitaminas que evitam o escorbuto. (Errado, pois não tem vitamina C, que evitaria o escorbuto)
Gabarito: D

06. Uma garota ganhou de seu namorado um buquê de rosas e sem querer tocou em um “espinho” de uma das flores. Imediatamente, de forma automática, ela recolheu o braço. A respeito dessa reação, pode-se afirmar que
(A) a medula espinhal, alguns neurônios e músculos foram responsáveis na execução dessa resposta.
(B) o cérebro, alguns neurônios e músculos foram responsáveis na execução dessa resposta.
(C) o corpo responde a um estímulo, como o citado, se ocorrer anteriormente uma grande emoção.
(D) a medula espinhal e o cérebro coordenam simultaneamente essa resposta de defesa.
(E) os músculos do braço reagiram involuntariamente independentemente do sistema nervoso.
Gabarito: A
Comentários: os atos involuntários são comandados pela substância cinzenta da medula espinhal, são realizados antes que o cérebro tome conhecimentos deles.

07. Considere alguns métodos contraceptivos:
I. vasectomia;
II. tabelinha;
III. pílula anticoncepcional;
IV. coito interrompido;
V. camisinha masculina e feminina;
VI. adesivos anticoncepcionais.
Dos métodos citados, aqueles que utilizam hormônios sintéticos são, apenas,
(A) I e III.
(B) III e VI.
(C) I, IV e V.
(D) IV, V e VI.
(E) II, III, IV e VI.
Gabarito: B
Comentários: 
Os métodos contraceptivos são classificados em cinco grupos:
  • Métodos comportamentais
- Tabelinha;
- Temperatura basal;
- Muco cervical (método Billings);
- Coito interrompido.
  • Métodos de barreira
- Camisinha;
- Diafragma;
- Esponjas;
- Espermicidas;
  • Dispositivo intrauterino (DIU)
  • Contracepção hormonal
- Contraceptivos orais;
- Contraceptivos injetáveis;
- Implantes;
- Anel vaginal;
- Adesivos cutâneos;
- Contracepção de emergência (pílula do dia seguinte);
  • Contracepção cirúrgica.
08. Em um trecho retilíneo de estrada, dois veículos, A e B, mantêm velocidades constantes VA = 14 m/s e VB = 54 km/h.

Sobre os movimentos desses veículos, pode-se afirmar que
(A) ambos apresentam a mesma velocidade escalar.
(B) mantidas essas velocidades, A não conseguirá ultrapassar B.
(C) A está mais rápido do que B.
(D) a cada segundo que passa, A fica dois metros mais distante de B.
(E) depois de 40 s A terá ultrapassado B.
Gabarito: B
Comentários: nesta questão você precisa saber transformar as unidades, Km/h para m/s. È simples, basta dividir ou multiplicar por 3,6 e achar a resposta. Exemplo, vamos ttrabalhar com a volocidade do carrinho A (14 m/s), para transformar para km/h é só multiplicar o 14 por 3,6 = 50,4 km/h. Agora é só analisar as qalternativas e achar a letra B como resposta.

09. No nosso cotidiano, as alavancas são frequentemente utilizadas com o objetivo de facilitar algum trabalho ou para dar alguma vantagem mecânica, multiplicando uma força. Dependendo das posições relativas do ponto fixo ou de apoio de uma alavanca (fulcro) em relação às forças potente e resistente, elas podem ser classificadas em três tipos: interfixas, interpotentes e inter-resistentes. As figuras mostram os três tipos de alavancas.


As situações A, B e C, nessa ordem, representam alavancas classificadas como
(A) inter-resistente, interpotente e interfixa.
(B) interpotente, inter-resistente e interfixa.
(C) interpotente, interfixa e inter-resistente.
(D) interfixa, inter-resistente e interpotente.
(E) interfixa, interpotente e inter-resistente.
Gabarito: C
Comentários: está questão é simples decoreba, ou seja quando o apoio estiver entre a potência e a resistência, a alavanca é interfixa, quando a resistência estiver entre o apoio e a potência, a alavanca é inter-resistente e quando a potência estiver entre o apoio e a resistência, a alavanca é inter-potente. No caso, a mão sempre respresenta a potência.

10. Arlindo é um trabalhador dedicado. Passa grande parte do tempo de seu dia subindo e descendo escadas, pois trabalha fazendo manutenção em edifícios, muitas vezes no alto.
 
(www.canstockphoto.com.br. Adaptado)

Considere que, ao realizar um de seus serviços, ele tenha subido uma escada com velocidade escalar constante. Nesse movimento, pode-se afirmar que, em relação ao nível horizontal do solo, o centro de massa do corpo de Arlindo
(A) perdeu energia cinética.
(B) ganhou energia cinética.
(C) perdeu energia potencial gravitacional.
(D) ganhou energia potencial gravitacional.
(E) perdeu energia mecânica.
Gabarito: D
Comentários: um corpo que está no alto, sempre tem energia potencial, quanto mais alto mais energia potencial. O exercício de que ele mantém sua velocidade constante, portanto, ele não perdei, nem ganhou energia cinética, que é de movimento. Em relação ao plano horizontal, ele ganha energia potencial gravitacional.

11. Quando estava no alto de sua escada, Arlindo deixou cair seu capacete, a partir do repouso. Considere que, em seu movimento de queda, o capacete tenha demorado 2 segundos para tocar o solo horizontal.
 (www.canstockphoto.com.br. Adaptado)

Supondo desprezível a resistência do ar e adotando g = 10 m/s2, a altura h de onde o capacete caiu e a velocidade com que ele chegou ao solo valem, respectivamente,
(A) 20 m e 20 m/s.
(B) 20 m e 10 m/s.
(C) 20 m e 5 m/s.
(D) 10 m e 20 m/s.
(E) 10 m e 5 m/s.
Gabarito: A
comentários: as equações matemáticas que determinam o movimento de queda livre são as seguintes:, portanto, V = 10 x 2 = 20 m/s  e a d = 10 x 4/ 2 = 20 m.

12. Os ímãs têm larga aplicação em nosso cotidiano tanto com finalidades práticas, como em alto-falantes e microfones, ou como meramente decorativas. A figura mostra dois ímãs, A e B, em forma de barra, com seus respectivos polos magnéticos.
Analise as seguintes afirmações sobre ímãs e suas propriedades magnéticas.
I. Se quebrarmos os dois ímãs ao meio, obteremos quatro pedaços de material sem propriedades magnéticas, pois teremos separados os polos norte e sul um do outro. (Errado, quando se quebra um imã, ele se transforma em dois imãs distintos com seus polos)
II. A e B podem tanto atrair-se como repelir-se, dependendo da posição em que os colocamos, um em relação ao outro. (Correto, consideremos dois ímãs suspensos pelos centros de gravidade. Aproximando as suas regiões polares de todas as maneiras possíveis, concluímos o seguinte princípio, demonstrado exclusivamente pela experiência: “duas regiões polares de mesmo nome se repelem, e de nomes contrários se atraem) (fig.225).
Atração e repulsão

                                                                         Figura 225 III. Se aproximarmos de um dos dois ímãs uma pequena esfera de ferro, ela será atraída por um dos polos desse ímã, mas será repelida pelo outro. (Errado, o ferro será atraído por qualquer polo de um imã)
É correto o que se afirma em
(A) I, apenas.
(B) II, apenas.
(C) I e II, apenas.
(D) I e III, apenas.
(E) II e III, apenas.
Gabarito: B
 ]
13. Enquanto fazia a limpeza em seu local de trabalho, uma faxineira se surpreendeu com o seguinte fenômeno: depois de limpar um objeto de vidro, esfregando-o vigorosamente com um pedaço de pano de lã, percebeu que o vidro atraiu para si pequenos pedaços de papel que estavam espalhados sobre a mesa.
O motivo da surpresa da faxineira consiste no fato de que
(A) quando atritou o vidro e a lã, ela retirou prótons do vidro tornando-o negativamente eletrizado, possibilitando que atraísse os pedaços de papel. (prótons não saem de nenhum material e sim elétrons que se ganha ou se perde)
(B) o atrito entre o vidro e a lã aqueceu o vidro e o calor produzido foi o responsável pela atração dos pedaços de papel. (Errado, calor é energia, não tem a ver com imãs)
(C) ao esfregar a lã no vidro, a faxineira criou um campo magnético ao redor do vidro semelhante ao existente ao redor de um ímã. (Vidro não é imã)
(D) ao esfregar a lã e o vidro, a faxineira tornou-os eletricamente neutros, impedindo que o vidro repelisse os pedaços de papel. (Errado, quando se atrita dois materiais um ganha elétrons e o outro perde, ficando eletrizados e não neutros)
(E) o atrito entre o vidro e a lã fez um dos dois perder elétrons e o outro ganhar, eletrizando os dois, o que permitiu que o vidro atraísse os pedaços de papel.
Gabarito: E

14. Um frasco de amostra contendo três substâncias químicas, A, B e C, foi enviado a um laboratório químico para ser analisado. O rótulo apresenta os seus pontos de fusão (P.F.)  pontos de ebulição (P.E.) à pressão de 1 atm conforme o quadro a seguir:
 Substância           P.F. ºC         P.E. ºC
     A                      –114            78
     B                          43           182
     C                      –218         –183

 A primeira medida tomada pelo técnico químico foi determinar o estado físico das substâncias à temperatura de 25 ºC. A conclusão a que ele chegou em relação às substâncias, respectivamente, de cima para baixo foi:
(A) líquido, sólido, gasoso.
(B) sólido, gasoso, líquido.
(C) sólido, líquido, gasoso.
(D) líquido, gasoso, sólido.
(E) gasoso, líquido, sólido.
Gabarito: A
Comentários: é só analisar a tabela para cada substância. a substância A a 25ºC é líquida, a B é sólida e a C é gasosa.

15. Separação de misturas é uma operação muito comum no setor de petróleo e combustíveis. Diversos métodos são aplicados para atender a essa necessidade. Sabendo-se que a água e o álcool são miscíveis e o óleo imiscível nestes e que o álcool tem o menor e o óleo o maior ponto de ebulição, o método adequado para separar essas três substâncias é
(A) decantação e filtração.
(B) filtração e fusão fracionada.
(C) decantação e centrifugação.
(D) filtração simples e evaporação.
(E) decantação e destilação fracionada.
Gabarito: E
Comentários: substâncias miscíveis são aquelas que se misturam. usa-se a decantação para separar o óleo da água + álcool, depois com uma destilação simples separa-se pelo ponto de fusão a água do álcool.

Leia o texto a seguir para responder às questões de números 16 e 17.
Existem mais de cem elementos químicos conhecidos na natureza. Muitos são comuns na indústria, agricultura e saúde, dentre outras áreas. Cada um é formado por partículas subatômicas, possuem o seu próprio lugar na tabela periódica e são agrupados em períodos e grupos ou famílias por apresentarem propriedades similares. Através da configuração eletrônica, pode-se localizar um elemento químico na tabela periódica.

16. A tabela a seguir, apresenta os valores das partículas subatômicas e número de massa.
 Espécie               Partículas por átomo                   Número de
 Química            prótons elétrons nêutrons                   massa
      Ca                    a         20            b                          40
      Ca2+               20         c            20                          d
Os valores de a, b, c e d são, respectivamente,
(A) 18, 22, 18, 40.
(B) 20, 20, 18, 40.
(C) 20, 20, 20, 40.
(D) 20, 22, 20, 42.
(E) 20, 20, 22, 42.
Gabarito: B
Comentários: o número de prótons de um elemento neutro e de um cátios é o mesmo, portanto o calcio possui 20 prótons, a = 20. O Ca2+ perdeu 2 elétrons, assim ele tem 18 elétrons, c = 18. Com a fórmula   A = Z + n, descobre-se o número de nêutrons do Ca, sendo portanto, b = 40 - 20, b = 20. e finalmente,
d = 20 + 20 = 40.         


17. Na classificação periódica, o período e grupo ou família em que o elemento químico de configuração eletrônica 1s2 2s2 2p6 3s2 3p6 4s2 3d10 4p4 está localizado são, respectivamente,
(A) 3 e 13 ou 3A.
(B) 4 e 14 ou 4A.
(C) 6 e 14 ou 4A.
(D) 4 e 16 ou 6A.
(E) 6 e 16 ou 6A.
Gabarito: D
Comentários: é só consultar a tabela periódica. O elemento em questão tem 34 elétrons, é só somar os índices na configuração eleterônica 1s2 2s2 2p6 3s2 3p6 4s2 3d10 4p4,  que foi dada. Na atabela descobre-se que o elemento é o Selênio, que fica no 4º período e na família 6A ou 16.

Leia o texto a seguir para responder às questões de números 18 e 19.
Uma das etapas do tratamento da água para abastecimento público é a retirada de impurezas e microrganismos, denominada floculação, na qual certa quantidade de sulfato de alumínio e hidróxido de cálcio é adicionada para formar o hidróxido de alumínio e sulfato de cálcio.

18. A fórmula do sulfato de alumínio é
(A) (SO4)3 Al2.
(B) Al3(SO4)2.
(C) Al2(SO4)3.
(D) Al(SO4).
(E) (SO4) Al.
Gabarito: C
Comentários: Os sais são classificados em dois tipos: oxigenados e não-oxigenados. Sais oxigenados. São os sais que contêm oxigênio em sua fórmula. Exemplos: sulfato de potássio, K2SO4; carbonato de cálcio, CaCO3. Sais não oxigenados. São os sais que contêm oxigênio em sua fórmula. Exemplos: cloreto de sódio, NaCL; iodeto de cálcio, CaL2; sulfeto de ferro, FeS. O sulfato de aluminio é portanto um sal oxigenado. Para resolver essa questão é preciso estudar as funções inorgânicas.

19. O sulfato de alumínio apresenta
(A) ligação covalente polar.
(B) ligação covalente apolar.
(C) fissão nuclear.
(D) ligação neutra.
(E) ligação iônica.
Gabarito: E
Comentários: a ligação é entre íons, o alumínio que é um cátion e o grupo SO4 que ganha elétrons.

20. Leia as afirmações sobre reciclagem de resíduos.
I. Cortados em lascas, os pneus velhos são transformados em pó de borracha, sendo purificado por um sistema de peneiras e moído até atingir a granulação desejada.
II. Na usina de fundição, a sucata de latas de aço é submetida a 1 550 0C em fornos elétricos e, após atingir o ponto de fusão e chegar ao estado de líquido fumegante, o material obtido é moldado em tarugos ou placas metálicas.
III. Uma das etapas da reciclagem do papel contendo aparas provenientes de escritórios é o branqueamento com agentes alvejantes para retirar as tintas de impressão.
Das afirmações que se referem a fenômenos físicos, está correto apenas o contido em
(A) I.
(B) II.
(C) III.
(D) I e II.
(E) II e III.
Gabarito: D
Comentários: fenômeno físico, a grosso modo, é aquele em que o produto final pode voltar a ser o que era antes. Fenômeno físico envolve as transformações físicas da matéria, como fusão, ebulição, etc. Já no fenômeno químico ocorre uma reação química e não se consegue mais fazer que o materal volte a ser o que era. no caso a tinta retirada do papel, passou por uma reação química com o alvejante e não será mais tinta.

GABARITO: 1 - C      2 - E      3 - B      4 - C      5 - D      6 - A      7 - B      8 - B     9 - C       10 - D 11 - A    12 - B    13 - E    14 - A    15 - E    16 - B   17 - D     18 - C     19 - E     20 - D

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário